A Subsecretaria de Turismo, ligada ao Ministério da Economia, Desenvolvimento e Turismo, publicou relatório mensal Barômetro do Turismo de janeiro de 2021, que inclui os principais dados do setor e o impacto da pandemia COVID-19 na indústria do turismo chileno.

De acordo com os dados, 1.122.858 turistas internacionais entraram no país em 2020. Vale lembrar que por questões de saúde as fronteiras nacionais permaneceram fechadas aos estrangeiros entre 18 de março e 23 de novembro, período em que a entrada de pessoas com finalidade turística foi igual a zero.

Esse valor equivale a uma redução de 75,1% em relação ao ano anterior, ou seja, 3.395.104 turistas a menos que em 2019.

A queda é explicada pela crise de saúde que o Chile e o mundo estão passando.

Os dados chilenos estão em linha com o que já aconteceu no mundo com viagens internacionais, onde a queda, segundo a Organização Mundial do Turismo, chegou a 74%. 

Espera-se que o início massivo da vacinação na maioria dos países promova a recuperação gradual da atividade turística.

De acordo com o barômetro do turismo, a partir da última semana de novembro de 2020, turistas estrangeiros começam a chegar no Chile e há uma recuperação gradual, devido à abertura da fronteira aérea através do Aeroporto Arturo Merino Benítez. 

Assim, durante o mês de dezembro de 2020, 35.862 turistas estrangeiros entraram no país, número que implica uma redução de 91,7% em relação ao mesmo mês de 2019.