Presidente francês anuncia um novo lockdown

O presidente francês Emmanuel Macron anunciou um segundo lockdown até o final de novembro.

A partir de sexta-feira, 30/10, as pessoas só poderão sair de casa para trabalho essencial ou por motivos médicos.

Bares, restaurantes e negócios não essenciais serão fechados, mas escolas e fábricas permanecerão abertas.

Emmanuel Macron disse que o país corre o risco de ser dominado por uma segunda onda que, sem dúvida, será mais difícil do que a primeira.

O presidente disse que, pelas novas regras, as pessoas teriam de preencher um formulário para justificar a saída de suas casas, conforme exigido no bloqueio inicial em março. Encontros sociais estão proibidos.